Ao Vivo
 
 
Siga ao vivo

Esportes

A CAMINHADA ESPORTIVA

A CAMINHADA ESPORTIVA

CINCO BOAS RAZÕES PARA PRATICAR CAMINHADA ESPORTIVA!   Você quer voltar a praticar esporte sem sofrer um alto impacto? Conheça a caminhada esportiva! A caminhada é uma atividade física simples e muito eficaz quando se aumenta o ritmo. Sendo uma modalidade em plena expansão, a caminhada esportiva conquista cada vez mais adeptos por ser uma prática suave, completa e fácil de integrar na nossa rotina ultra cheia.   Retomar uma atividade física nunca é fácil: falta de fôlego, perda de flexibilidade, riscos de lesões... Estas preocupações não existem com a caminhada esportiva, visto que esta atividade tem a particularidade de preservar o seu corpo. Durante a sessão de caminhada esportiva, você articula bem o pé desde o calcanhar até aos dedos dos pés: o seu corpo está sempre em contato com o solo.   Não está sujeito à violência dos saltos e saliências, ao contrário da corrida. Evita, assim, os impactos com o solo que exercem, por vezes, alguma violência nas articulações ou nas costas.   Os riscos de lesões ficam deste modo, limitados sem, no entanto, diminuir o seu esforço físico. Caminhando rápido você aumenta o seu ritmo cardíaco e queima mais calorias: entre 300 e 500 calorias são queimadas por hora.  Os movimentos feitos durante a caminhada esportiva o leva a mexer os braços, realizando um esforço que trabalha a maioria dos seus músculos. Você moldará suas pernas e desenvolverá os músculos dos braços, dos ombros e das costas, delineamento harmoniosamente a sua silhueta.  Esta modalidade tem outro efeito apreciável: se você praticar regularmente, a caminhada esportiva você vai reduzir sensivelmente a celulite!     Praticar caminhada regularmente reforça o seu estado de saúde. Os benefícios da caminhada esportiva são idênticos aos de um esporte de resistência: melhora a circulação sanguínea, mantém a sua flexibilidade e cuida do seu coração.  Caminhe mais 30 minutos todos os dias e sentirá a diferença!   A caminhada rápida ao ar livre ajuda a libertar o espírito e a aliviar a pressão. Você pode praticá-la num cenário de sua escolha: um parque, uma floresta, um cais, etc. num ambiente motivador que contribuirá para arejar os pulmões e o espírito.  Sendo a caminhada esportiva um esporte suave, você poderá compartilhar esta modalidade com outras pessoas (amigos ou familiares) no ritmo adaptado à sua forma física. Em modo bem-estar, você pode caminhar a uma velocidade de 4 a 6 km/h e, em modo performance, você pode caminhar a uma velocidade de 7 a 9 km/h. Neste caso, o termo mais apropriado seria caminhada rápida. Inclusive, você poderá adaptar a sua caminhada em função da sua disposição!   Você não precisa gastar muito dinheiro num equipamento para se iniciar na caminhada rápida. Para começar, basta você adquirir um calçado de caminhada esportiva e uma roupa esportiva respirável.  O terreno para a sua prática: a cidade e/ou o campo são locais de prática sempre disponíveis!   Você está motivado e equipado? Só falta se iniciar nos movimentos de caminhada rápida para descobrir os prazeres e os benefícios desta modalidade cada vez mais em destaque!    
DOZE BENEFÍCIOS DA PRÁTICA DA NATAÇÃO

DOZE BENEFÍCIOS DA PRÁTICA DA NATAÇÃO

12 Benefícios da Natação Para Boa Forma e Saúde As crianças desejam se igualar aos golfinhos, e os idosos só buscam um condicionamento, aparência e saúde equivalente a uma faixa etária inferior às próprias. Os benefícios da natação não se limitam a esses, mas é importante que saibamos que o esporte não só é procurado para uma boa manutenção de saúde, mas também para aqueles que desejam manter a boa forma. Será que todos os praticantes se conscientizam da importância e colaboração que o nado oferece à vida dos mesmos? Bom, se você já pratica e não sabe quais os benefícios da natação, ou você que está em dúvida sobre a escolha da atividade ideal para você, vamos conhecer um pouco mais sobre esse esporte que refresca e ainda evita o desconforto de suor e temperaturas extremas. 1. Longevidade Pesquisadores da Universidade da Carolina do Sul acompanharam testes e vivência de homens com idade de 20 a 90 anos, durante 30 anos, e puderam descobrir que aqueles que praticavam natação contavam com taxa de mortalidade 50% inferior se comparados às demais pessoas fisicamente ativas ou àqueles que mantinham um estilo de vida sedentário. Vale ressaltar que pesquisas semelhantes foram realizadas com mulheres, e os resultados foram semelhantes. Por que não garantir mais alguns anos de vida dando prazerosas braçadas na piscina? 2. Sem impacto É comum ouvirmos pessoas relatarem desconfortos e incômodos no início da prática de exercícios físicos. A natação se difere, pois oferece algo que nenhum outro exercício aeróbico pode: ela oferece a capacidade de trabalhar todo o seu corpo, e sem qualquer impacto severo sobre o seu sistema esquelético, assim reduzindo as dores durante a fase de adaptação. Isso ocorre pois quando você está sob a água, seu corpo automaticamente se torna leve. Se você manter seu corpo sob a água até a altura da cintura, seu corpo se manterá apenas com 50% de seu peso, se você submergir um pouco mais, até a altura do peito, esse peso pode se reduzir a cerca de 25 a 35% de seu peso total, e se manter seu corpo sob a água até o pescoço, o peso será o equivalente apenas a 10%. Esses benefícios da natação proporcionam que a piscina seja o local ideal para trabalhar músculos rígidos e articulações doloridas, principalmente para pessoas que lidam com sobrepeso e limitações físicas. 3. Artrite A natação é muito recomendada para pessoas que sofrem com artrite. Os alongamentos feitos na piscina podem fortalecer os músculos e ainda contribuir significativamente como treino aeróbico. O ideal para pessoas que sofrem com artrite é uma piscina aquecida, pois a água quente pode ajudar a “soltar” as articulações rígidas. Na verdade, as pessoas com artrite reumatoide podem desfrutar dos benefícios da natação ainda mais que as demais pessoas, principalmente se combinada com hidroterapia. As braçadas na piscina ainda podem reduzir as dores de osteoartrite. 4. Força e tônus muscular A natação é uma ótima maneira de aumentar a força e tônus muscular, especialmente se comparada aos demais exercícios aeróbicos. Quando um atleta está correndo em uma pista, ele se move através do ar, enquanto um nadador enfrenta a resistência oferecida pela água, que conta com densidade cerca de 12% maior que a referente ao ar. Sabemos que a melhor maneira de construir força e tônus é através da resistência, logo, mais um ponto para a natação. Essa resistência não se limita apenas aos músculos, mas estudos provaram que o nado também pode contribuir para a melhora de resistência óssea, principalmente quando referente às mulheres na fase da pós-menopausa. 5. Trabalha todo o corpo e o torna mais flexível Ao contrário das máquinas de exercícios em academias, as quais tendem a isolar os exercícios a uma parte do corpo por vez, a natação desafia todo o corpo simultaneamente através de uma ampla gama de movimentos que ajudam as articulações e ligamentos a se soltarem e se tornarem mais flexíveis. Você pode mover os braços, pernas e cabeça, e a extensão de braços e pernas proporciona que você alongue seu corpo de forma mais eficiente na água, sendo o alongamento completo. ara você obter melhor os benefícios da natação com flexibilidade, recomenda-se ainda fazer alongamentos suaves antes e após os treinos. Esse melhor controle sobre o corpo ainda favorece o aprimoramento avançado de equilíbrio por um maior período de tempo. 6. Melhor saúde do coração Não pense que a natação apenas tonifica músculos do peitoral, tríceps e quadríceps, pois um dos maiores benefícios da natação é sobre o coração. Como a natação é uma opção de exercício aeróbico, ela serve para fortalecer o coração, não só ajudando-o a se tornar maior, mas beneficiando-o para um melhor bombeamento, fornecendo um melhor fluxo de sangue por todo o corpo. A natação ainda é apontada como funcional para combater inflamações por todo o organismo, reduzindo assim consequências oferecidas por doenças cardíacas. Recomenda-se pelo menos 30 minutos de nado por dia, essa é uma boa iniciativa para manter a pressão arterial sobre controle, e também reduzir de 30 a 40% da possibilidade de ocorrência de doenças coronárias em mulheres. 7. Controle de peso e queima calorias Muitas pessoas pensam que porque a água é normalmente mais fria que a temperatura de nossos corpos, seria uma dificuldade para perder peso com treinos dentro da piscina, mas é necessário que essas opiniões sejam revistas. Atualmente, a natação é reconhecida como um dos maiores queimadores de calorias, o que pode ser uma excelente alternativa para aqueles que desejam manter o peso sob controle. A quantidade de calorias queimadas depende não só da intensidade em que você se exercita, mas também de sua própria fisiologia. De modo geral, é dito que a cada 10 minutos de natação, nadando de peito, você pode queimar até 60 calorias, enquanto nadando de costas você elimina até 80 calorias. Mas se você é um nadador de condicionamento avançado, nadando borboleta você pode ficar livre de nada menos que 150 calorias. Os intervalos e estruturação com tiros de diferentes intensidades podem favorecer à sua recuperação, e possibilitar uma melhor resistência física. 8. Sem alergias  Um dos benefícios da natação é que proporciona que você se exercite no ar úmido, o que pode ajudar a reduzir sintomas de asma e alergias. Um grupo de crianças foi observado durante um programa de natação durante seis semanas, e foi possível notar melhorias na severidade dos sintomas  de alergias, respiração bucal e até roncos. Os exercícios na piscina podem auxiliar no aumento do volume do pulmão e ainda ensinar técnicas de respiração adequadas. Os benefícios da natação podem ser ainda mais superiores após o primeiro ano de prática regular. 9. Controle de colesterol O poder aeróbico da natação contribui para o equilíbrio dos níveis de colesterol HDL e LDL. É dito que para cada 1% de aumento do nível do colesterol “bom” (HDL), o risco de morte por doença cardíaca cai até 3,5%. Estudos demonstraram que a natação também pode beneficiar a saúde do seu endotélio. Agora você deve estar se perguntando o que é isso, certo? Endotélio nada mais é que a camada fina de células que reveste as artérias, e tende a perder a flexibilidade de acordo com o avanço da idade. Foi comprovado que pessoas com faixa etária de sessenta anos que se exercitam regularmente com a natação possuem função endotelial semelhante à de pessoas com idade de 30 a 40 anos mais jovem, pois o nado faz com que as artérias se expandam e se contraiam de forma mais eficiente. 10. Diabetes Foi comprovado que é possível reduzir em até 6% do risco de diabetes para cada 500 calorias queimadas por semana com natação. Recomenda-se no mínimo 30 minutos de natação 3 vezes por semana, assim você queimará em média 900 calorias, assim reduzindo o risco de diabetes tipo 2 em pelo menos 10%. A natação com alta intensidade, 1 vez por semana, pode reduzir o risco de diabetes tipo 2 em até 16%. A prática regular de natação pode auxiliar significativamente no controle glicêmico, principalmente para os diabéticos que praticam no mínimo 150 minutos por semana, assim auxiliando o corpo a lidar com sensibilidade à insulina, sendo válido tanto para diabetes tipo 1, quanto para o tipo 2. 11. Sem estresse Sendo destaque entre os exercícios aeróbicos, os benefícios da natação se estendem ao fator psicológico também. Ao cumprir os exercícios e reconhecer a sua superação, a pessoa motiva-se para se manter determinado e animado para seguir em frente. Os níveis de endorfina tendem a ficar mais elevados com as braçadas, por isso, abuse do hormônio da felicidade e seja feliz com o apoio da natação para uma melhor saúde e boa forma. 12. Autoestima Os benefícios da natação podem desencadear inúmeros outros, dentre esses, o bem-estar é um dos propósitos que favorecem as pessoas a se manterem ativas e praticando o nado regularmente. Quem não se sente bem e seguro com uma boa forma e melhor qualidade de vida? O fato de se sentir bem pode ficar evidente no comportamento e vida social daqueles que conseguem obter o máximo de benefícios durante toda a vida. Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)