ÍCONES DA FESTA

 

Festa de São José de Macapá

A Festa teve início com a construção da igreja de São José de Macapá e se popularizou no início do século XX. Nos primeiros anos eram realizados grandes arraiais, ladainhas, novenário e uma procissão pela cidade.

 

Igreja São José

A Igreja São José foi inaugurada em 6 de março de 1761 por Dom Frei João de São José e Queiroz, Bispo de Belém, na presença do governador Manoel Bernardo de Melo. A Pedra Fundamental foi lançada em 4 de fevereiro de 1758, por ocasião das solenidades pela elevação de Macapá à categoria de Vila, por Dom Frei Miguel de Bulhões, na presença do governador Francisco Xavier de Mendonça Furtado.

 

São José

São José foi inserido no Calendário Litúrgico Romano em 1479. Sua festa é celebrada no dia 19 de março. No ano de 1870, São José foi declarado oficialmente Patrono Universal da Igreja. O autor desta declaração foi o Papa Pio IX. Para ressaltar a grande qualidade e poder de intercessão de São José como “trabalhador”, O Papa Pio XII instituiu uma segunda festa em homenagem a ele, a festa de "São José operário". Esta acontece no dia 1º de maio. São José é invocado também como o padroeiro dos carpinteiros.

 

A imagem de São José

A imagem de São José, como em toda a iconografia cristã, é rica em simbolismos e significados, desde a cor das roupas aos objetos inseridos. Vamos conhecer cada detalhe e entender o significado de cada um.

 

O manto marrom de São José

O manto marrom de São José tem um significado belo e profundo:  humildade e simplicidade. O marrom é a cor da terra, do chão. Por isso, ele simboliza humildade e simplicidade, retratando a personalidade de São José: homem simples, humilde, do qual pouca coisa se fala na Bíblia. O marrom é também a cor da madeira. Por isso, o manto marrom de São José também nos lembra o ofício que ele desempenhava: o de carpinteiro. Portanto, o manto marrom de São José nos fala que ele era um homem humilde, simples, trabalhador, carpinteiro de profissão. Foi assim que ele ganhou a vida, amparou e sustentou a Sagrada Família.

 

 

A túnica de São José

A túnica de São José, normalmente, vem pintada na cor roxa, azul ou branca. O roxo representa a penitência, mas também (e mais aplicado a São José) a fé, a paciência e a confiança. O azul simboliza o céu, onde São José já está e, de lá, intercede por nós e é o grande patrono da Igreja. O branco simboliza a pureza de coração. Esta foi uma das grandes virtudes de São José: homem puro e chamado pelo evangelista de 'justo'.

 

 

O lírio na mão de São José

O Lírio representa a pureza do seu coração e a vitória da vida sobre a morte. Representa a vitória dos santos, a vitória de São José sobre o mundo, sobre o pecado e, em Jesus Cristo, a vitória sobre a morte.

 

O olhar para baixo

Em quase todas as representações de São José ele está olhando para baixo. Isso significa que ele foi o pai terreno de Jesus. Lembra-nos que o grande São José foi pai adotivo do Filho de Deus. Porém foi pai. Amou, cuidou, ensinou e formou o menino Deus cumprindo seu papel de pai, dando um nome e uma família a Jesus. Sua missão neste mundo, aqui 'em baixo', para onde São José olha, foi grandiosa. Por isso, ele é representado olhando para baixo. Significa também que ele olha e intercede por nós que estamos aqui na terra, em peregrinação para o céu.

 

O menino Jesus no colo de São José

O menino Jesus no colo de São José é mais um símbolo da paternidade deste grande santo. Ele assumiu Maria, quando ela estava grávida de Jesus, sabendo que ele não era o pai da criança. Segurando o menino Jesus no colo significa o cuidado e a proteção de pai que São José deu a Jesus e que pode dar a nós, pela sua intercessão.

 

A túnica branca do menino Jesus

A túnica branca do menino Jesus simboliza a pureza de coração do menino. Os detalhes em dourado simbolizam a origem divina de Jesus. Fala-nos, mais uma vez, que José é o pai adotivo de Jesus.

 

O globo na mão esquerda de Jesus

O globo na mão esquerda de Jesus significa o senhorio que ele tem sobre todas as coisas. Como diz São Paulo: 'Tudo foi criado por ele e para ele '. Ele é o Senhor, ou seja, o dono de tudo; ele tem o mundo em suas mãos.

 

A mão direita do menino Jesus abençoando

A mão direita do menino Jesus abençoando nos lembra o amor de Deus, que quer derramar sobre nós toda sorte de bênçãos espirituais em Cristo Jesus. E o menino Jesus também olha para o chão, como que olhando para toda a humanidade que está neste mundo, abençoando a cada um de nós.

 

Oração a São José pela Santa Igreja

A vós, São José, recorremos em nossa tribulação, e cheios de confiança, solicitamos o vosso patrocínio. Pelo laço sagrado de caridade que vos uniu à Virgem Imaculada, Mãe de Deus, e pelo amor paternal que tivestes ao Menino Jesus, ardentemente vos suplicamos que lanceis um olhar benigno sobre nós, que somos a herança que Jesus Cristo conquistou com seu sangue, e nos socorrais nas nossas necessidades, com o vosso auxílio e poder. Protegei, ó guarda providente da divina família, o povo eleito de Jesus Cristo. Afastai para longe de nós, ó pai amantíssimo, a praga do erro e do vício. Assisti-nos, do alto do Céu, ó nosso fortíssimo sustentáculo, na luta contra o poder das trevas, e assim como outrora salvastes a vida ameaçada do Menino Jesus, defendei agora a santa Igreja de Deus das ciladas dos seus inimigos e de toda a adversidade. Amparai a cada um de nós com o vosso constante patrocínio, a fim de que, sustentados com o vosso auxílio, possamos viver virtuosamente, piedosamente morrer e obter no Céu a eterna bem-aventurança. Amém.

 

EXPLICAÇÃO DO CARTAZ

Por Pe. Francisco Sorrentino

O cartaz da Festividade de São José 2017 ajuda-nos a assimilar melhor o tema: “Quando José acordou acolheu Maria como sua esposa” (Mt 1,24) e o lema: “Acorda família! Com São José reaviva a sua fé”.

 

O sol nascente

Na imagem de fundo do cartaz há uma majestosa alvorada. Lembra-nos o cântico de Zacarias, cantado toda manhã pela Igreja: “Graças ao misericordioso coração do nosso Deus, o sol que nasce do alto nos visitará, para iluminar os que vivem nas trevas e na sombra da morte; para guiar nossos passos no caminho da paz” (Lc 1,79). O sol nascente simboliza a visita salvadora de Deus. Por causa dessa visita, São José, homem justo, acordou, assumiu as exigências da fé e vivenciou-a no lar de Nazaré.

 

A imagem de São José

A imagem de São José, protagonista da festividade, predomina a cena. Dois pormenores merecem ser destacados. Em primeiro lugar, o Menino Jesus sentado no braço esquerdo do nosso Santo. Acolher Maria como esposa, significou, para José, aceitar ser pai do Filho de Deus. Tratou-se de uma missão inesperada e árdua, mas acolhida com fé.  Esta fé, porém, não o isentou das adversidades. Eis o segundo detalhe: as botas, geralmente usadas por quem deve enfrentar caminhos impérvios. De fato, ao acordar, José teve que caminhar duramente.Viajou com Maria para Belém, onde nasceu Jesus (cf. Lc 2,4); exilou para o Egito, a fim de proteger a vida do Filho da maldade de Herodes (cf. Mt 2,14); retornou, com a família para o vilarejo pobre de Nazaré (cf. Mt 2,23). Com certeza, peregrinou, também, interiormente, reavivando, dia após dia, o seu “sim” à vontade de Deus.

 

O lema

A família é o foco temático da Festividade de São José 2017, porque “o bem da família é decisivo para o futuro do mundo e da Igreja” (AL 31).  Nesse sentido, o exemplo de São José é significativo, sobretudo no contexto atual, no qual, segundo o Papa Francisco: “há que considerar o crescente perigo representado por um individualismo exagerado que desvirtua os laços familiares e acaba por considerar cada componente da família como uma ilha, fazendo prevalecer, em certos casos, a ideia dum sujeito que se constrói segundo os seus próprios desejos assumidos com carácter absoluto. As tensões causadas por uma cultura individualista exagerada da posse e fruição geram no seio das famílias dinâmicas de impaciência e agressividade” (AL 33). Diante dessa realidade, conforme a mensagem do nosso bispo, Dom Pedro José Conti: “Jesus e a sua proposta de vida deve ser um hóspede muito querido e esperado em nossas famílias”. Portanto, o lema exorta: “Acorda família! Com São José reaviva a sua fé”.